BBN Radio
Como ir ao CéuRádioInstituto BíblicoChatRecursosIdiomasDoaçõesFale Conosco
Inscrição|Cursos Disponíveis|Perguntas & Respostas|BI Ajuda|Sobre a BBN|Maneiras de promover a BBN|Testemunhos|
Login do Aluno
Acesso do aluno
Usuário:
Senha:


Esqueceu a sua senha?
Esqueceu o seu nome de usuário?
Ainda não é um aluno?
Jesus comparou aquela mãe a um cachorro!

Quando aquela mãe gentia veio a Jesus pedindo ajuda, pois sua filha se encontrava possessa, Jesus disse-lhe: “Não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.”

Naquela época era comum para os judeus considerarem os gentios como vira-latas ou pior, como cachorros selvagens. Mas não foi esta a palavra que Jesus usou. Ele usou a palavra “cachorrinho”, referindo-se a um cãozinho de estimação.

Mesmo assim, nos parece um pouco rude comparar esta desesperada mãe a um cachorrinho. Mas não foi o que ocorreu. Jesus estava colocando a atitude desta mãe à prova, não porque ele precisava conhecer melhor seu coração, mas para que seus discípulos aprendessem uma importante lição.

A resposta daquela insistente mãe foi um tanto quanto inesperada: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos”. Ela aceitou ser comparada a um cachorrinho. Ela aceitou o fato de que o Messias deveria vir primeiro aos judeus. Ela humilhou-se, a ponto de implorar para poder comer apenas algumas migalhas que caem da mesa. Ela sabia que apenas as migalhas do poder do Messias já seriam capazes de libertar sua filha dos demônios malignos.

Então respondeu Jesus, e disse-lhe: “ó mulher, grande é a tua fé! seja-te feito como queres”. E desde aquela hora sua filha ficou sã.

Jesus não olhou para aquela mãe como uma gentia, não, ele olhou para ela como uma pessoa necessitada. Ele olhou para sua fé e atendeu ao seu pedido.

Há tanto para aprendermos com esta mãe. Primeiro seu amor sacrificial pela filha, depois sua persistência e humildade. Se insistíssemos tanto como ela em nossas orações, não com um coração exaltado, mas sim quebrantado, será que não receberíamos pelo menos das migalhas que caem da mesa? Se ela, na condição de gentia recebeu das migalhas, será que nós, na condição de filhos de Deus não receberíamos das iguarias do Rei?

Com gratidão a Deus pelas nossas mães desejamos a todos um abençoado Dia das Mães!

 


Autor:   Paulo Rathlef    Data :  5/7/2010 4:24 PM
Número de visitantes :  2870


Login                                                                                           Biblia Online   Copyright   Privacidade