BBN Radio
Como ir ao CéuRádioInstituto BíblicoChatRecursosIdiomasContribuaFale Conosco
Inscrição|Cursos Disponíveis|Perguntas & Respostas|BI Ajuda|Sobre a BBN|Maneiras de promover a BBN|Testemunhos|
Login do Aluno
Acesso do aluno
Usuário:
Senha:


Esqueceu a sua senha?
Esqueceu o seu nome de usuário?
Ainda não é um aluno?
Arroz e feijão
Arroz e feijão
 
Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado.  Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.  O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos.  Habacuque 3,17-19
 
Se você não vive exclusivamente da agricultura e pecuária, as palavras de Habacuque talvez não tenham o efeito desejado pelo profeta quando as proferiu pela primeira vez.  Primeiro que não é tão comum ter uma figueira no quintal, e mesmo se tivesse, o fato de não haver frutos num determinado ano não me incomodaria muito.  Iria para a feira e compraria figos.  E se os campos não produzissem mantimento?  Em outras palavras, e se minha plantação de arroz não desse em nada?  Iria para o supermercado e compraria arroz da China ou da Índia.  Mas, e se houvesse uma peste e meu gado morresse?  Simplesmente iria ao açougue.  O preço seria mais alto, mas eu daria um jeito.
 
No caso de Habacuque as coisas não eram simples assim.  Se não houvesse figos, se não houvesse azeite, se a roça não produzisse e se o gado morresse, haveria grande miséria.  Seria o mesmo que dizer: não há mais arroz, nem feijão, nem carne.
 
Qual foi a atitude de Habacuque diante da possibilidade real desta tragédia?  Falar mal do governo, do clima?  Revoltar-se com tudo?  Cair em desespero e depressão?  Não!  Ele disse que exultaria no Senhor.
 
É fácil dizer: “eu também exultaria no Senhor, caso me faltasse o necessário para viver”, principalmente quando o perigo não é real ou iminente.  Para Habacuque o perigo era real.  Mesmo assim ele dispôs o seu coração a se alegrar grandemente, caso o perigo se concretizasse.  O natural nestas circunstâncias seria resmungar e ficar desgostoso no coração.  O sobrenatural seria alegrar-se grandemente no Senhor.
 
Habacuque não era masoquista nem tampouco privado de suas capacidades mentais.  Ele simplesmente colocou a sua esperança no Senhor, que lhe daria força em qualquer situação, e o faria saltar sobre os obstáculos da vida como a corça.
 
Como tem sido a nossa reação diante de crises econômicas e de dificuldades em nossa vida?  As pessoas podem ver em nós a confiança num Deus vivo e poderoso?
 
Gostaríamos de encorajar você a fazer os cursos: Exposição do Livro de Habacuque, Sobrevivendo Crises Financeiras e A vida de Jó.  Estes cursos podem nos ajudar a mudar nossa atitude diante de sofrimentos, de modo que venhamos a exultar a cada dia, independentemente das circunstâncias.

Deus nos abençoe.

Equipe do Instituto Bíblico da BBN

Autor:   Equipe do Instituto Bíblico da BBN    Data :  12/3/2014 9:47 AM
Número de visitantes :  2980


Próximo: Fugindo do Perigo
Anterior: FIRMEZA NA FÉ
Login                                                                                           Biblia Online   Copyright   Privacidade