BBN Radio
Como ir ao CéuRádioInstituto BíblicoChatRecursosIdiomasDoaçõesFale Conosco
Inscrição|Cursos Disponíveis|Perguntas & Respostas|BI Ajuda|Sobre a BBN|Maneiras de promover a BBN|Testemunhos|
Login do Aluno
Acesso do aluno
Usuário:
Senha:


Esqueceu a sua senha?
Esqueceu o seu nome de usuário?
Ainda não é um aluno?
Impunidade!

Impunidade!

Palavra tão conhecida, que ecoa do fundo da alma de tanta gente, como um grito silencioso, fruto de uma imensa revolta interior...

      Como seres criados à imagem e semelhança de Deus trazemos em nosso íntimo, mesmo que às vezes de forma distorcida, um pequeno reflexo da justiça, tão característica do nosso Pai celeste. Por isto,  quando vemos injustiça sendo praticada e tolerada, ascende-se imediatamente um desejo ardente em nós de que algo seja feito para parar e punir a injustiça.

      Vivemos em uma época áurea da civilização humana no que diz respeito à tecnologia, que progride meteoricamente, mas não podemos dizer o mesmo a respeito da justiça social e criminal. Vemos, entre outras coisas, sangue inocente sendo derramado, seja em assaltos à mão armada ou em genocídios. Vemos pessoas sendo privadas do direito máximo, que é a vida, por motivos fúteis, ou simplesmente pelo prazer de matar. Vemos corrupção, mais viva do que nunca. Vemos pessoas explorando até mesmo vítimas de catástrofes naturais. O que é mais triste é que tantos crimes ficam impunes.

      Quanto mais uma sociedade se distancia de Deus, mais evidente fica a tolerância para com o mal cometido por seus membros. Quanto mais mal é tolerado, mais mal é praticado e assim se forma uma tenebrosa espiral que acaba por destruir esta sociedade, como o expressou o agnóstico historiador Will Durant de forma simples e brilhante: "Uma grande civilização não é conquistada de fora até que tenha destruído a si mesma por dentro." Não é preciso pesquisar muito a história da humanidade para constatar esta triste realidade. De certas culturas altamente desenvolvidas no passado, só restam ruínas como um marcante alerta para nós.

      Não, não é uma pandemia a maior ameaça dos dias atuais, mas sim o vírus da tolerância ao pecado, que se torna cada vez mais evidente. “Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o SENHOR...” diz o Salmo 33:12. Se quisermos ser uma nação bem-aventurada, precisamos levantar nossas vozes como profetas do Deus vivo e conclamar nosso povo a retornar a Deus, a abandonar os caminhos tortuosos do pecado. “Porque abominação é ao SENHOR teu Deus todo aquele que fizer injustiça.” Deuteronômio 25:16.

      A nossa mensagem ainda é a mesma que foi proclamada por nosso Senhor Jesus:  “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” Mateus 3:2. Pregamos o arrependimento e a salvação pela graça, através da fé na obra salvadora de Jesus. Cremos também que Deus pode trazer verdadeiro avivamento pessoal e nacional. Mas, se as coisas ao nosso redor forem de mal a pior, ainda assim nos alegraremos, pois quando Jesus instalar o seu reino milenar, reinaremos com ele em seu reino de justiça sem igual!

      Se você está pensando em começar um novo curso no BBNBI, aqui algumas sugestões:

10600 A Doutrina do Pecado - Equipe da BBN

20600 Vivendo em Santidade - Robson Camara

50200 Os Vírus da Pós-modernidade - Carlos Antonio Nogueira 

 


Autor:   Equipe do Instituto Bíblico da BBN    Data :  11/9/2012 4:16 PM
Número de visitantes :  1103


Próximo: Malaquias
Login                                                                                           Biblia Online   Copyright   Privacidade