BBN Radio
Como ir ao CéuRádioInstituto BíblicoChatRecursosIdiomasContribuaFale Conosco
Inscrição|Cursos Disponíveis|Perguntas & Respostas|BI Ajuda|Sobre a BBN|Maneiras de promover a BBN|Testemunhos|
Login do Aluno
Acesso do aluno
Usuário:
Senha:


Esqueceu a sua senha?
Esqueceu o seu nome de usuário?
Ainda não é um aluno?
Desculpe-nos pela interrupção
“Desculpe-nos pela interrupção...”
 
Você está no meio de uma boa conversa ao telefone e de repente a ligação é interrompida. Ou então, ao ler sua página preferida na internet, a conexão cai e você fica offline. Você quer ir ao trabalho, como de costume, e de manhã fica sabendo que os motoristas de ônibus estão em greve. Quem não fica frustrado com interrupções?
 
Em nossa mente temos uma lista de prioridades, e claro, nossos objetivos sempre estão em primeiro lugar. Quando alguém ou algo interrompe nossos planos, sentimo-nos frustrados ou impacientes.
 
Imagino que foi assim que Jairo se sentiu. Sua filha de 12 anos estava muito doente, à beira da morte e ele foi implorar a ajuda de Jesus. Jesus se pôs a caminho da sua casa, mas havia uma multidão de pessoas ao Seu redor. Jairo sabia que não lhes restava muito tempo. Em sua mente a maior prioridade era levar Jesus até sua filha, para que ela fosse curada.
 
Era difícil de se locomover entre tantas pessoas e no meio do reboliço aconteceu uma interrupção que deve ter deixado Jairo desnorteado. Jesus parou, olhou ao redor e perguntou quem havia tocado Nele. Os discípulos não entenderam nada e, de certa forma, repreenderam Jesus por fazer uma pergunta assim, já que muitas pessoas haviam tocado em Jesus. Jesus tinha um propósito com a abrupta parada e com a interrupção nos planos de Jairo. Primeiro Ele queria tratar pessoalmente com a mulher hemorrágica que discretamente havia tocado em Suas vestes.
 
Eu fico imaginando Jairo ao lado de Jesus, nervoso, suando frio, olhando para o relógio (eu sei... não havia), em sua mente implorando Jesus a seguir adiante. Mas Jesus não estava com pressa. Jairo tinha razão para ficar preocupado, pois enquanto Jesus falava com a mulher, chegou a notícia de que sua filha havia morrido. “Ah se Jesus não tivesse parado... se não tivesse havido esta interrupção”.
 
Assim como Jesus percebeu que Dele havia saído poder, Ele também percebeu o coração aflito de Jairo e lhe disse: “Não temas, crê somente”.
 
O final da história nós conhecemos. Jesus foi à casa de Jairo e ressuscitou a menina dos mortos. E esta não foi a única ocasião em que Jesus se demorou a caminho de socorrer um enfermo. Lembram de Lázaro? Para Jesus foi mais importante ressuscitar tanto a menina quanto Lázaro que curá-los antes de morrerem. Em ambos os casos Jesus não demonstrou pressa e não agiu de acordo com a lógica humana, mas divina.
 
Você já deve ter passado por situações em que pediu uma coisa a Deus, algo que considerava urgente, mas a resposta Dele demorou. Ou então experimentou Deus interrompendo os seus planos ou sonhos. Você deve ter ficado frustrado(a) por Deus não ter atendido o seu pedido a tempo.
 
Devemos nos lembrar de que Deus não está preso ao tempo. Deus nunca teve e nunca terá pressa. Seus propósitos são muito mais altos que os nossos. Ele entende muito bem nossa dor quando aparecem interrupções em nossas vidas. Mas o que Ele deseja realizar tem prioridade sobre aquilo que nós queremos fazer. Por isto Ele diz: “Não temas. Crê somente.” Podemos deixar o temor de lado, mesmo em uma situação desesperadora, se confiarmos que Ele é soberano, que nada foge do Seu controle e que Ele nos ama!

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.“ Romanos 8:28

Gostaríamos de encorajar você a escutar o curso: Sua Vida e a Providência de Deus.  As lições deste curso podem ser de grande proveito para você aprender a descansar no bom, sábio e soberano cuidado de Deus.

Que o Senhor nos abençoe!

Autor:   Equipe do Instituto Bíblico da BBN    Data :  1/13/2016 3:21 PM
Número de visitantes :  3547


Login                                                                                           Biblia Online   Copyright   Privacidade