Privacidade

Como ir ao CéuRádioInstituto BíblicoChatRecursosIdiomasDoaçõesFale Conosco
Livros|Ajuda & Ferramentas|
O que a Bíblia ensina

Capítulo 7

SALVAÇÃO

 

Capítulo 7




Vamos olhar algumas coisas relacionadas à salvação. A necessidade de ser salvo é claramente ensinada na Bíblia. Espiritualmente, Deus olha o mundo dividido em duas famílias; uma consiste dos filhos do diabo, “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele.” João 8:44. A outra família consiste dos filhos de Deus- “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus.” João 1:12. 



Você nesse momento, pertence a uma família ou outra. Se você morresse hoje, sua família determinaria seu destino eterno. Exatamente agora, você está na família de Deus ou do diabo? Essa é uma pergunta que só você pode responder. 



Aqui está a chave. A razão pela qual Deus enviou seu Filho Jesus Cristo ao mundo foi para morrer pelos pecados do mundo e derrotar Satanás, abrindo caminho para o novo nascimento “alguém que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” João 3:3. Esse novo nascimento espiritual nos move para a família de Deus. Isso tudo é o que significa a salvação.



ONZE COISAS QUE NÃO SÃO SALVAÇÃO NEM NOVO NASCIMENTO



1.Não depende de descendência natural ou parentesco.- “não do sangue”. Embora alguém possa nascer numa família cristã, isso não faz dele um cristão.



2. Não depende de auto-determinação- “vontade da carne”. Assim como uma criança não pode decidir sobre seu nascimento físico, ninguém pode produzir o novo nascimento pelos seus próprios esforços. 



3. Não depende de meditação humana- “não da vontade do homem, mas de Deus.” Nenhum ser humano, seja padre, profeta, pastor, bispo ou líder espiritual, independentemente de sua posição eclesiástica, pode transmitir o novo nascimento ou vida espiritual à alguém. Todos os ritos e cerimônias, sacrifícios e penitência, confissões ou orações repetitivas que qualquer religião organizada possa promover, jamais poderão produzir o novo nascimento.



4. Nenhuma mudança física. Cristo corrigiu o engano de Nicodemos com relação a isso e mostrou a ele que era uma mudança espiritual. João 3:6.



5. Nenhuma mudança geográfica. Quem nasce de novo não é imediatamente trasladado ao céu, mas continua a viver na terra, agora para agradar seu salvador.I Coríntios 7:20-24, Colossenses 3:22-24.



6. Não depende de nenhum conhecimento intelectual.Uma pessoa pode ser educada numa religião, ordenada ministro, e tornar-se pregador sem nascer de novo. E há muitos. Teoricamente podem até saber de sua necessidade, ainda assim nada saber por experiência própria. II Pedro 2:20-21. 



7. Não é um processo evolutivo. Não se trata de um desenvolvimento gradual de algum germe espiritual depositado no interior. Efésios 2:1-2. Os pecadores são descritos como seres espiritualmente mortos. Não é um processo. O nascimento traz vida instantaneamente. A vida não poderá se desenvolver sem o novo nascimento.



8. Não se trata de uma reforma interior pela qual os maus hábitos serão eliminados. Não é uma mudança de maneiras ou hábitos da pessoa. Efésios 2:8:9. O novo nascimento traz vida nova. “Dou-lhes a vida eterna” disse Jesus. 



9. Não depende do batismo. Toda a água do oceano não pode salvar ou limpar você. Não há poder salvífico na água do batismo, não importa o que o qualquer um possa dizer. O batismo é uma ordenança que representa a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo, nada mais. Quando somos batizados, damos um testemunho público do que Deus tem feito em nossa vida. I Pedro 3:21b.Não somos salvos pela água mas pelo sangue de Jesus Cristo que foi derramado na cruz..



10. Não é uma confirmação. Algumas igrejas realizam certos rituais que alegam salvar seus participantes, geralmente crianças de 12-13 anos. Às vezes é uma unção com óleo, que supostamente significa o recebimento do Espírito Santo. Essa doutrina é falsa. Você não recebe o Espírito Santo por um ato humano, mas recebendo Jesus Cristo como Senhor e salvador. João 3:6.



11. Não é uma crença religiosa ou ser membro de uma igreja. É possível ser sincero com convicções religiosas, ser batizado, confirmado, unir-se à igreja, tomar a comunhão, ensinar na escola dominical, ocupar um cargo na igreja, ser um pregador ou padre ou realizar milagres de cura e profecia sem ser nascido de novo. Atos 8:22-23. A necessidade do novo nascimento foi revelada a um dos homens mais religiosos, sinceros e moralmente corretos de seu tempo. João 3:1-16.



O novo nascimento é uma transformação espiritual, João 3:8, e somente pode ser trazido por Deus. João 1:13.



A SALVAÇÃO EM SETE PONTOS







I. SUA DEFINIÇÃO 



A palavra salvação simplesmente significa libertação. Geralmente usamos uma imagem de alguém que é libertado de um perigo que o ameaça. Falamos de uma pessoa “salva” de afogamento, ou de um prédio em chamas, ou de um navio naufragando. Em cada caso três fatos são evidentes: (1) A pessoa salva estava em perigo de morte. (2) Alguém viu esse perigo e foi salvá-la. (3) O salvador foi bem sucedido em sua missão e libertou-a de seu perigoso estado, e assim “salvou-a.” As palavras: “salvar”, “salvou”, “salvador”, e “salvação” ocorrem muitas vezes na Bíblia e têm exatamente o mesmo sentido espiritual.



II. SUA NECESSIDADE



A necessidade de salvação de Deus é devida a dois fatos, que cada pessoa deve enfrentar. 



A .O fato do homem ser pecador. Romanos 3:23.



Já discutimos em nossa a lição anterior a condição espiritual de cada homem. Por natureza, todos os homens são filhos do diabo. Mostramos que todo ser humano chega ao mundo tendo uma natureza pecaminosa que o torna pecador desde o início. Com o tempo, essa natureza se manifesta por pensamentos pecaminosos, palavras, atos e atitudes de inimizade contra Deus. A Bíblia deixa isso bem claro. Leia Romanos 5:12,18,19, 6:16, 8:5-8, Gênesis 6:5, Efésios 2:1-3, II Coríntios 4:3-4, Isaías 53:6, Jeremias 17:9, Marcos 7: 20-23, Romanos 1:21-32, 3:19-23. Fica claro em todas as Escrituras que o homem é: 



(1) Um pecador, necessitado de perdão.

(2) Perdido, precisando ser encontrado.

(3) Um filho do diabo que deve mover-se em um novo relacionamento com Deus.

(4) Culpado, precisando de perdão que só Deus pode dar.

(5) Espiritualmente morto precisando da vida que Deus pode transmitir.

(6) Cego, precisando de iluminação que somente pode vir de Deus. 

(7) Um escravo, que precisa ser liberto de satanás e do pecado que somente Deus pode dar. 

O homem é extremamente incapaz de se salvar. 



B. O fato da Justiça de Deus.



Deus é santo, e deve punir o pecado. Ele é aquele que "não inocenta o pecado.” Êxodo 34:6-7. Ele revelou seu ódio ao pecado, sua sentença contra àqueles que morrem em seus pecados. E isto é o banimento eterno de sua presença. Veja João 8:21-24, Marcos 9:43-48, Lucas 16:22-31, Judas 11-13, Apocalipse 20:11-15. A conclusão óbvia: sendo o homem pecador e Deus totalmente justo, o pecador precisa ser liberto ou completamente salvo de seus pecados. Seu clamor pode ser: “Que devo fazer para ser salvo?” A resposta é “Creia (coloque sua confiança) no Senhor Jesus e serás salvo.” Atos 16:30-31. Ninguém pode se salvar sozinho. 



III. SUA PROVISÃO 



O Evangelho é a Boa Nova de Deus e sua maravilhosa graça provendo salvação abundante através da Pessoa e da obra de seu amado Filho Jesus. Duas coisas são ensinadas com clareza:



A. Cristo veio para ser Salvador dos pecadores. 



“Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.” Lucas 19:10. O Filho de Deus é eterno, é igual ao Pai e o Espírito Santo, tornou-se carne para trazer a salvação. João 3:16-17, Marcos 10:45, Mateus 9:12-13, João 10:11, 15-18. 



B. Pela morte de Cristo e sua ressurreição, essa salvação foi suprida, para a satisfação completa de Deus. 



Quando Cristo voluntariamente foi pendurado na cruz, Ele assumiu a total responsabilidade de nossos pecados e culpa, levados em seu próprio corpo, e morreu como sacrifício substituto em nome dos pecadores. Todo o juízo de Deus contra o pecado estava nele e toda a justiça de Deus contra o pecador foi satisfeita pela morte de Cristo em nosso lugar. Deus indicou que aceitou completamente o sacrifício de Cristo, ressuscitando-o dos mortos e assentando-o à sua mão direita. Leia I Coríntios 15:1-4, II Coríntios 5:21, I Pedro 2:24, Isaías 53:5, Romanos 5:6-9, Atos 4:10-12, 5:31, 17:31.



IV. SUA CONDIÇÃO



Realizado o sacrifício de Cristo, que era toda obra necessária para a salvação do pecador, o que deve ser feito para que se experimente essa salvação? 



A. Ele precisa se arrependimento



O arrependimento consiste na mudança de mente, que resulta em mudança de atitude com relação ao pecado, de si mesmo, do salvador e da salvação e por sua vez em mudança de ação. Leia Lucas 13:3, Atos 17:31, 20:21. A condenação do pecador dará lugar a um sincero desejo de salvação, seu orgulho dará lugar à humildade, sua auto satisfação à uma confissão franca de sua incapacidade, condição desesperançada e merecedora do inferno. 



B. Ele deve crer no evangelho, ou testemunhar de Deus e das coisas relacionadas com a pessoa e obra de Cristo. I João 5:9-10.



Como pecador perdido e culpado ele deve crer que Cristo morreu por ele, individualmente, que Cristo levou seus pecados, e por sua morte, realizou toda a obra necessária para sua salvação. Romanos 4:5.



C. Ele deve aceitar o Senhor Jesus Cristo, como ato definido de sua vontade, como seu salvador pessoal, pertencendo a Ele como supremo Senhor de sua vida. João 1:12, Romanos 10:9-10, João 3:16, 5: 24, 6:47, Efésios 1:13. 



Eis o ato crucial: Você do fundo de seu coração, pode dizer: “Senhor Jesus Cristo, eu admito que sou culpado (a), pecador (a) e perdido (a). Creio que Tu levaste meus pecados naquela cruz do calvário e morreste em meu lugar. Agora peço que Tu entres em meu coração e me salves. Eu confio na obra realizada na cruz e o recebo como meu Salvador, de hoje em diante quero que sejas Senhor de minha vida.” Isso é o que significa “crer no Senhor Jesus.” Atos 16:31. Se você nunca fez isso, por que não faz agora dando esse passo de fé e pedindo a Ele para salvá-lo? 



V. SUA SEGURANÇA



Como alguém pode saber sem sombra de dúvida que está salvo? Respondemos sem hesitar: pela palavra de Deus. Deus declara cristalinamente que toda alma que confiar em seu Filho está perdoada, possuidora da vida eterna e salva para sempre. Leia Atos 13:38, I João 2:12, Efésios 2:8, I Coríntios 6:11, I João 5:13, Romanos 5:1, 8:1, João 10:27-30. 



Haverá também evidências como: uma nova paz interior, um desejo de conhecer a Bíblia e afastar-se do pecado. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo.” II Coríntios 5:17. 



VI. UMA VISÃO



A salvação em três aspectos: passado, presente e futuro.

A. Passado – Salvação da pena do pecado ou suas conseqüências.



Tendo Cristo pago toda a pena, que foi devida por nossos pecados, o cristão está liberto de suas conseqüências. João 5:24, Romanos 8:1.



B. Presente - A salvação do poder ou controle do pecado. 



Devido à morada do Espírito Santo, mais a transferência da natureza divina, o cristão está agora capacitado a desfrutar da libertação do domínio do pecado em sua vida. I Coríntios 6:19, II Pedro 1:3-4, Romanos 6:1-14. Isto não significa que o cristão seja incapaz de pecar, longe disso, pois ainda possui a natureza do mal que chamamos “carne”. Significa que você vai pecar mas não vai gostar de pecar. À medida que dispõe dos meios que Deus providenciou, o pecado não será mais o fator dominante de sua vida. A vitória presente dependerá de : 



(1) Leitura, estudo e obediência à palavra de Deus. II Timóteo 2:15. 

(2) Contato constante com Deus pela oração. Hebreus 4:14-16. 

(3) A rendição completa do corpo tanto para uma vida justa como útil. Romanos 6:13, 12:1-2. 

(4) Imediata confissão a Deus e perdão de todo pecado cometido. 

I João 1:8-9, Tito 2:11-15.



C. Futuro - Salvação da presença do pecado.



Isso acontecerá na volta de Cristo, quando Ele levantará os mortos e transformará os vivos, para que tenham corpos incapazes de pecar, envelhecer e morrer. Esse é o aspecto final da salvação que buscamos. Hebreus 9:28, I Tessalonicenses 4:13-18. 



VII. SEUS RESULTADOS



São inúmeros. Efésios 1:3-14. Podemos selecionar alguns:



A. A Paz com Deus. Romanos 5:1. Não há mais inimizade.

B. Aceitação diante de Deus em Cristo. Efésios 1:6.

C. Alegria em Deus como seus filhos, juntando-se à nova família. Romanos 5:10-11, 8:14-17, Gálatas 3:26-4:7.

D. Viver para Deus. II Coríntios 5:14-15, Gálatas 2:20, I Pedro 4:2-5.

E. Servir a Deus através de boas obras e testemunhar dele.

Efésios 2:10, Mateus 5:16, Marcos 16:15-16.

F. Adorar, Louvar, e orar a Deus. João 4:23-24, Hebreus 10:19-

22, Hebreus 13:15, 4:14-16.

G. Um lar eterno nos céus com Deus. João 14:1-3, Apocalipse 22:1-5.

Acreditamos que você não descansará até que saiba, na autoridade da palavra de Deus que está eternamente salvo!

 

 

 

 

PARA A SUA INFORMAÇÃO – A Lei Internacional de Direitos Reservados protege todos os materiais da página da internet da  Bible Broadcasting Network, Inc. (Rede de Radiodifusão Bíblica).  Isto inclui áudio, literatura e qualquer arquivo de vídeo. Para reproduzir ou publicar qualquer material, deve-se ter a permissão por escrito da BBN. Qualquer utilização dos materiais acima em reprodução para venda é estritamente proibido por lei. No entanto, uma vez que a BBN é um ministério e o material é para o seu crescimento espiritual pessoal, você pode gratuitamente fazer download de materiais se o propósito for para o seu uso pessoal.   
Copyright (c) 2006.

BBN ao Vivo

No Ar:
Através da Bíblia
Pr. Itamir Neves de Souza
Histórias Verdadeiras

Copyright © 2006 Bible Broadcasting Network Login